Centros comunitários futurísticos

Última modificação 13:56, 15 Set 2009 por  maria_ortiz

De $1

    Conteúdo
    sem cabeçalhos

    Versão de 14:32, 6 Out 2022

    para esta versão.

    Retornar a Arquivo de versões.

    Ver versão atual

     

    <meta content="text/html; charset=utf-8" http-equiv="Content-Type"/> <meta content="Word.Document" name="ProgId"/> <meta content="Microsoft Word 12" name="Generator"/> <meta content="Microsoft Word 12" name="Originator"/> <link href="file:///C:\Users\HP\AppData\Local\Temp\msohtmlclip1\01\clip_filelist.xml" rel="File-List"/> <link href="file:///C:\Users\HP\AppData\Local\Temp\msohtmlclip1\01\clip_themedata.thmx" rel="themeData"/> <link href="file:///C:\Users\HP\AppData\Local\Temp\msohtmlclip1\01\clip_colorschememapping.xml" rel="colorSchemeMapping"/><style type="text/css"></style>

    Como muito dos que – imagino – comentaram aqui, eu acredito que o futuro só poderá ser desejável se houver educação. Mas não essa que vemos atualmente. Gostaria que as escolas fossem “centros comunitários”, que ofereçam diversas opções de atividades à comunidade e que cada um possa escolher a que mais lhe agrada. Que nesses centro comunitários tenha ainda oficinas de conteúdos específicos e que aceite um número limitado de alunos matriculados, para melhor aproveitamento (e aprofundamento) dos mesmos. Que as lições aprendidas ali extrapolem os limites da sala de aula e os horários de estudos, que o aprendizado seja levado pra vida toda. Para que tudo isso aconteça, é necessário educadores bem preparados e bem remunerados.